Ranking de Polêmicas ao Estilo do Monark do Flow Podcast
Ranking de Polêmicas ao Estilo do Monark do Flow Podcast

Meu caro Monark, estamos vivenciando dias estranhos no Brasil nos últimos tempos. Existe um pessoal que consegue a adesão da imprensa para tudo que deseja fazer. Eles usam o Twitter para "cantar a bola" de quem vai ser a "bola da vez" no jogo do cancelamento; e as coisas acontecem.

Tudo assume proporções enormes, gera muita polêmica, aparecem aproveitadores tentando capitalizar politicamente em cima do ocorrido. A "bola da vez" desta vez foi o Monark do Flow; outra vez…

Monark defendeu a criação de um Partido Naz**ta reconhecido pela lei, e o deputado Kim kataguiri, durante um bate-papo com o Monark, disse que o naz**mo não deveria ter sido criminalizado na Alemanha após a Segunda Guerra Mundial. Estas afirmações foram feitas dentro de um contexto da conversa que estava acontecendo, por isso, é um erro julgar o trecho mencionado anteriormente sozinho.

Já o comentarista Adrilles Jorge, fez supostamente um gesto semelhante a uma saudação naz**ta ao se despedir do público no fim de um debate no programa da Jovem Pan, que estava repercutindo justamente o caso do Monark.

Monark e Adrilles Jorge Demitidos

Os dois apresentadores foram demitidos, e as falas ocorrem em um cenário turbulento no Brasil, onde os dois episódios aconteceram em dois dias seguidos, um após o outro. Claro que o que eles falaram é errado, mas a galera do Twitter, que parece controlar a imprensa falada, escrita e televisiva, esteve "botando lenha na fogueira" o tempo todo.

As declarações de Monark, ex-apresentador do Flow Podcast, foram dadas durante uma conversa com os deputados federais Kim Kataguiri e Tabata Amaral. As palavras de Monark deixaram a Comunidade Judaica perplexa e os espectadores do programa revoltadas.

Adrilles Jorge demitido da Jovem Pan
Adrilles Jorge demitido da Jovem Pan

O episódio (video) chegou a ser excluído do YouTube. O Ministério Público de São Paulo decidiu investigar o apresentador por apologia ao naz**mo e discriminação contra os judeus.

O deputado Kim kataguiri, por sua vez, disse achar errado a criminalização do naz**mo. O debate levou os nomes dos deputados à lista de assuntos mais comentados nas redes sociais.

Com a repercussão negativa do caso, o PT (que não tem moral nenhuma, diga-se de passagem) e o senador Renan Calheiros (outro que também não tem) defenderam que o deputado do DEM de São Paulo deveria renunciar. Bolsonaristas também pediram que o parlamentar ligado ao MBL renuncie.

Na terça-feira, dia 8, Adrilles Jorge da Jovem Pan também chamou a atenção ao reproduzir com a mão direita um gesto que foi imediatamente associado por espectadores (ou foi a galera do Twitter que "cantou a bola"?) à saudação naz**ta.

Contudo, Adrilles negou que tenha tido a intenção de reproduzir o aceno.

Disse: "Eu posso até pedir desculpas pelo calor do momento a pessoas que devem ter se enganado em relação a esse meu gesto e, particularmente, à Comunidade Judaica. Eu jamais faria, nunca, de forma alguma, faria um gesto desrespeitoso a título de gracejo ou de qualquer outra coisa".

Já Monark alegou que quando fez a gravação estava bêbado.

Disse: "Eu errei, a verdade é essa. Eu tava muito bêbado e eu fui defender uma ideia; mas eu fui defender essa ideia de um jeito muito burro. Eu tava bêbado".

Planilha Excel Ranking de Polêmicas das Celebridades e Influencers

Agora voltando ao nosso tópico de planilhas Excel, decidimos criar uma planilha listando as maiores polêmicas vivenciadas por celebridades e figuras públicas de uma forma geral dos últimos tempos. Não definimos um limite de tempo para ser englobado na planilha. A ideia é ficar sempre atualizando as polêmicas conforme forem surgindo, e transformar a planilha num verdadeiro banco de dados de bobeiras e cagadas das celebridades. Ou seja, estamos criando o Ranking de Polêmicas das celebridades e influencers.

Para dar início ao nosso ranking, selecionamos alguns casos de celebridades falando e/ou fazendo besteira.

Em 2020, durante o início da pandemia de Coronavírus, Gabriela Pugliesi, influenciadora digital, organizou uma festa para Mari Gonzalez, que havia saído do confinamento do BBB 20.
Nego do Borel é um artista que teve o nome envolvido em diversas polêmicas nos últimos anos, com dois destaques que levaram à perda de patrocinadores e impactos diretos na carreira: comentário transfóbico e as acusações realizadas pela ex-namorada, Duda Reis.
Carlinhos Maia é um youtuber que também já teve o nome envolvido em controvérsias, entretanto, uma das mais desastrosas foi a que o colocou em conflito com Whindersson Nunes.
Karol Conká foi integrante do BBB 21 e sua participação foi marcada por muitas declarações polêmicas, sendo acusada de xenofobia, humilhação com os participantes, manipulação, entre outros ocorridos. 
Ao longo de sua trajetória na internet, Júlio Cocielo se envolveu em algumas polêmicas e um dos casos em que sua declaração levou à perda de patrocínios foi durante a Copa do Mundo de 2018, onde escreveu que “Mbappé conseguiria fazer uns arrastão top na praia hein?”.

Uma notícia que nos ajudou a montar este ranking foi essa do Info Money. Dê uma olhada, porque vale a pena a leitura.

Para baixar a planilha, clique no botão abaixo. Se tiver qualquer dúvida, basta deixar um comentário, que lhe responderei o mais brevemente possível. Uma coisa que gostaria de pedir, é que você contribua com polêmicas de celebridades que você lembra para irmos inserindo na planilha do ranking. Porque assim, ela vai ficar gigante rapidamente, e vai ter bastante relevância também.

Ranking de Polêmicas ao Estilo do Monark do Flow Podcast
Tags:                 

Faça seu Comentário